quinta-feira, 18 de novembro de 2010

#EoKiko! Cabelos.

Pessoal, antes de começar a falar sobre o meu tema de hoje queria comentar sobre o post aí de baixo. É que a gente que faz esse blog não só aprecia, mas necessita da sua opinião, que se dá através de comentários. Em um dos meus últimos posts, sobre bolsas, duas colegas comentaram algo muito interessante, se opondo àquilo que havia colocado, expressando assim sua opinião. Isso me fez pensar melhor e até meio que concordar com elas, embora mantenha minha opinião, por isso não mudei o que havia escrito.
Enfim, resumindo, para quem perde um pouquinho do seu tempo neste blog, não deixe passar a oportunidade de dar sua opinião, gerar polêmica, mas principalmente: participar!!
Mas vamos ao tema? Os caras já sabem que de um tempinho pra cá ninguém quer mais saber de cabelo arrumadinho, né? A moda vem nos propondo cabelos mais assimétricos e mesmo que passem um ar meio despenteado. Isso, além de dar um ar mais modernos ainda traz uma jovialidade ao look.

Tipo assim, pessoal!
Seguindo essa tendência, se você acha que fica legal para o seu tipo de cabelo, invista na moda do Fringe, que está com tudo neste verão. O corte deixa um cabelo mais curto atrás, mas deixando uma franja na frente. É mais recomendando para quem possui cabelos mais lisos ao quase ondulado.A franja, que é o principal nesse corte, pode ser longa e desfiada ou ter seu comprimento no meio da testa.

Fiuk, que veio abrindo alas pra geral na moda dos cabelos...

Outras perucas legais...

Para quem quer manter o comprimento no cabelo apenas siga as dicas gerais, nada de muito arrumadinho. Dê uma desfiada nas pontas e tente trabalhar com camadas mais curtas que outras.

Mais comprido...
Um pouco mais...
O moicano que teve seu brilho explorado a algumas estações vem perdendo a força, mas para quem quiser investir, ainda há tempo! Só tenta dar a sua cara no corte, deixando a base maior ou menor. Para os mais ousados vale até colorir o topete.

Ah, pessoal, última dica: Nada de cabelos maltratados, hein? Não dá muito trabalho manter um cabelo forte e bem hidratado, por isso, mãos, ou melhor, tesouras a obra!
Saudações capilares...
Jonas Guedes, té já!

Nenhum comentário: