sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Diafragma


Diafragma?!?!



Para aqueles que pensaram que o assunto de hoje fosse saúde, deve ficar de olho nessas informações, pois o diafragma é parte complementar na fotografia.
Para os amantes da fotografia, essas informações são cruciais no processo de criação, pois o diafragma controla a luminosidade e a profundidade de campo,
A título de comparação o diafragma pode ser comparado com a íris do olho humano, funciona como o dispositivo de diafragma da câmera, controlando a quantidade de luz e a nitidez.
Nas câmeras digitais e analógicas as informações sobre esse componente vem descritas geralmente nas objetivas (lentes), com o sinal “f”, você com certeza já deve ter visto no visor de sua câmera ou em algum lugar: f/1.2, f/1.4, f/2, f/2.4, f/2.8, f/4, f/5.6, f/8, f/11, f/16, f/32...
Conforme esses números mudam de tamanho a imagem será afetada tanto na exposição como na profundidade de campo.






Mas calma! No começo tudo é um tanto louco, ainda mais para aqueles que detestam matemática esse monte de número e divisões pode assustar, por isso vamos por partes:



  • O diafragma controla a Luminosidade




Notem que os valores maiores são referentes à abertura menores, assim o f/11 é menos luz que o f/8, dessa forma você pode controlar a luminosidade, quanto menor os valores da abertura maior será a luminosidade.
Quando maior a abertura, mais luz entra, e vice-versa
“Uma lente com f/1.4 admite oito vezes mais luz que em f/4.”




  • O diafragma controla também a Profundidade de Campo

Na profundidade de campo quanto maior a abertura menor será a profundidade.
Quanto menor a abertura, maior é a profundidade de campo.
Para entender melhor essa confusão, vamos usar de exemplos:


1- Se sua praia é fotografar paisagem, sua abertura deverá ser menor, pois assim terá uma área mais nítida.
2- Se sua área é retratos o mais indicado é que use uma abertura maior, assim dará mais ênfase ao retratado desfocando todo o resto.




Comparação de uma mesma situação


As diferenças de Aberturas


Paisagem


Retrato




Um comentário:

Paulo Roberto disse...



Marcelo,

Obrigado ! Para mim que sou leigo, posso dizer que sua didática é excelente.

Paulo Roberto