quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Carboxiterapia

O Ter Saúde está na Moda hoje irá abordar um assunto de grande ênfase nos consultórios de estética, a Carboxiterapia, e para não apenas trazer resultados e valores, resolvi optar pela informação, aliada com o conhecimento da técnica, possibilitando desta forma a iniciativa dos interessados e interessadas no procedimento.
A Carboxiterapia foi iniciada em 1930, na França. Inicialmente utilizada como recursos de doenças circulatórias, buscando melhores quadros aos portadores. Hoje em dia no quesito estética, a mesma técnica, agora com maior tecnologia e inovações, é utilizada em tratamentos de gordura localizada, celulite, flacidez de pele e estria. A técnica é realizada através de injeções com agulhas muito finas, o que causa um pouco de desconforto. É comum após a aplicação leves coceiras e um ardor no local aplicado, a explicação para essas reações é a distensão do tecido, voltando ao seu normal em aproximadamente 15 minutos.
Em outros processos, ela pode funcionar como método para o rejuvenescimento facial e corporal, tendo em vista que se estimula a formação de colágeno, aumentando assim a vascularização da área tratada e, por consequência, constitui uma melhora nas rugas finas da face.
O principal componente da terapia é o gás carbônico. Quando utilizado durante o procedimento, o organismo interpreta a ação como um déficit de oxigênio, aumentando assim a vascularização da área trabalhada, estimulando o colágeno, diminuindo gorduras e diretamente atuando nas celulites e flacidez, que desaparecem com a constância no tratamento.

Essa técnica é caracterizada como um método não cirúrgico seguro, realizada apenas por profissionais capacitados e especializados no procedimento. No protocolo de tratamento, observa-se a presença do gás carbônico puro, com controle do volume, intensidade e tempo de aplicação no tecido subcutâneo. O gás carbônico é projetado nos locais onde há acumulo de gordura, produzindo o efeito mecânico de destruir as células gordurosas, levando assim uma redução de medidas.
Como nosso organismo já está acostumado com esse gás, afinal nós produzimos, e se trata de algo que não é estranho ao corpo, não ocasionando reações alérgicas nem tóxicas, claro, se utilizado de forma correta. 
A constância de aplicações será designada conforme a necessidade de cada paciente, sendo observados os resultados a partir da quarta sessão, visualizando a pele mais enrijecida em virtude da distribuição do colágeno e a redução de alguns centímetros nas medidas.
O preço de cada sessão custa em torno de R$ 80,00 à R$ 120,00. E como de costume, repito a dica de sempre: Tomem cuidado com o local escolhido para realização da técnica, afinal mudanças positivas no corpo são sempre bem vindas, ao contrário das reações negativas, nesse caso pode ser um barato que saí caro.

Abs Saudáveis
Igor Mariano Sousa Sales


Nenhum comentário: