segunda-feira, 14 de março de 2011

O que é mesmo Tendinite?


Inicialmente quero pedir desculpas, surgiu um trabalho que ansiou todo o meu tempo e após veio os dias de festejos, impossibilitando que continuássemos com as nossas conversas semanais.
Deixando de lado os problemas e seguindo com a informação, hoje iremos falar sobre a dolorosa Tendinite.
Ultimamente esse termo anda sendo foco de discursos entre profissionais, acadêmicos, pacientes, sendo a Tendinite o mal de uma grande porcentagem da população.
 
Fonte Google Imagens

A Tendinite, utilizando o sufixo “ite” que significa inflamação, consiste em uma inflamação no tendão, mas porque acontece isso?

Por vários motivos, sendo o esforço repetitivo o mais alarmante. Além dessa causa temos as infecções, doenças reumatológicas, doenças do sistema imunológico, distúrbios metabólicos, entre outras que estão no ranque das causas que lotam consultórios médicos e clinicas de Fisioterapia.
A sintomatologia apresenta-se em forma de dores latentes ao movimento, fadigas musculares, falta de força e, com o agravamento dos sintomas, podem levar a perda da sensibilidade e gerar deformações consideráveis na estrutura afetada.

Fonte Google Imagens
As perspectivas de profissionais especializados na clínica informam que entre 03 e 28 dias após o tratamento, a sintomatologia apresenta sinais positivos, porém, tudo é muito relativo. Se procuro um tratamento, mas continuo com os mesmos hábitos e atividades, provavelmente as dores irão retornar”, tendo como base que é preciso realizar alongamentos antes de praticar qualquer tipo de atividade e aliando o repouso do membro acometido, isso irá gerar melhoras em cima do quadro doloroso.
Fonte Google Imagens
O Raio X, Ultra-sonografia, Ressonância Magnéticas e exames anatomopatológicos são os exames realizados na busca de diagnosticar com precisão a Tendinite.

Caso você, leitor ou leitora, se encontre com esses quadros de dores apresentados, procure um médico. Até chegar o dia da consulta vá lendo essa postagem e outra que fala sobre Compressa Fria e Quente. Lembrando que o uso de compressas frias melhora as dores agudas relacionadas à Tendinite.

Cuidado:
- Nada de passar muito tempo com a compressa, caso você tenha algum tipo de perda de sensibilidade isso poderá gerar graves problemas.
- Não realizar a auto-medicação sem consulta médica, pois há o risco de piorar o quadro de dor.


Abs Saudáveis,

Nenhum comentário: