segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Porque temos de retirar os dentes sisos?

Explicando melhor o motivo dessa postagem, já vou dizendo que tirei dois sisos e ainda faltam dois. Antes de qualquer procedimento a realizar, busco sempre me informar sobre como acontece e dessa vez não foi diferente, por isso pesquisei o assunto. Contando com o arsenal de conteúdos que estão arquivados no meu computador, resolvi somar todos e fazer essa postagem. Assim, quem estiver passando pelo mesmo momento que eu, ou se vai passar, aqui constarão algumas informações essenciais.

Para começar vamos falar sobre esse tal de Siso. Também chamados de terceiro molar, eles são os últimos dentes que se desenvolvem na arcada dentária. Costumam ser quatro, mas existem exceções, podendo, em alguns casos, nem existir. Eles resolvem aparecer entre os nossos 16 e 20 anos, geralmente denominados de “dente do juízo”.
Sua aparição vem associada com a necessidade da extração, muitas vezes reconhecidas pelas alterações geradas nos outros dentes. O fato do mesmo chegar numa fase em que todos os outros dentes estão “acomodados”, trazendo assim desordem, gera dores e alterações na mastigação, entre outros agravos, é quando o Ortodontista acaba pedindo a extração.

O nascimento desse dente, como falei anteriormente, vem acompanhado de alguns problemas, na maioria dos casos, sua saída – sua erupção, em termos clínicos – muita das vezes apresentam-se irregulares, devido a falta de espaço e ajustes, podendo nascer em sentidos contrários ao normal.
Mas para tranquilizar vocês, digo: O momento da extração é tranquilo, não dói. Entendo que isso não tranquilize muito, afinal ouvi de muitas pessoas a mesma coisa e não funcionou.

Existem casos em que a extração é indispensável, como:
- Quando falta espaço para sua erupção;
- Quando o dente está mal posicionado;
- Na presença de dores fortes;
- Em casos de erupção parcial.

Quando não há presença de nenhum desses casos acima, mesmo assim é indicada a extração. O fato desse dente ser o mais afastado, o último, torna a higiene difícil, podendo gerar problemas decorrentes da ausência de limpeza necessária.

Essas são algumas recomendações dadas pelo Dentista, após feita a extração dos sisos:
- Usar bolsa de gelo no local, pondo e retirando ciclicamente de 30 em 30 minutos;
- Beber bastante liquido;
- Evitar “cuspir”, pois estimula a saída de sangue do local;
- Evitar comer alimentos duros e quentes;
- Evitar pegar peso;

É sempre bom conversar com alguém nesses casos ou até mesmo buscar maiores informações sobre o que vai acontecer, para se tranquilizar. Sintam-se à vontade para perguntar. Mesmo estando em estado de recuperação, acredito que posso passar “essa experiência”.

Abs Saudáveis

Nenhum comentário: